Em detalhe

Concreto e salpicos de cor para uma casa de família no Brasil

Concreto e salpicos de cor para uma casa de família no Brasil

No Brasil, o arquiteto Guilherme Torres transformou uma casa da década de 1970 em um habitat moderno e ousado para uma família de londrinos que vieram se instalar em São Paulo. Sendo um dos proprietários um designer, Guilherme Torres conseguiu propor facilmente uma decoração ousada, vibrante e colorida. Um projeto que mistura materiais brutos e neutros com cores ensolaradas, como o Brasil.

Uma sala de estar aberta para o exterior


Estúdio Guilherme Torres / Denilson Machada Para trazer luz para a sala de estar no porão, o arquiteto imaginou grandes janelas que cercam toda a sala para trazer luz natural e protegê-la dos raios fortes do sol. A sala se abre para a vegetação exótica do jardim. Toques de verde nos móveis fazem com que o elo entre as duas cores mais brilhantes venha a aprimorar o todo. Para aquecer o piso de concreto bruto e delimitar o espaço da sala, o estúdio de arquitetura apostou em um carpete excelente que destaca os móveis, às vezes com linhas contemporâneas, às vezes clássicas.

Cozinha imaculada


Studio Guilherme Torres / Denilson Machada Ao contrário do resto da casa, a cozinha quer ser um lugar neutro onde o branco domina, o que contrasta com o piso de parquet de essência escura e a instalação clássica. Um jogo real acontece entre o chão e as superfícies lacadas da cozinha, que são purificadas e funcionais com o máximo de elementos ocultos.

Linhas gráficas


Estúdio Guilherme Torres / Denilson Machada Em toda a casa, os móveis e acessórios são perfeitamente destacados pelo piso de concreto leve e pelas paredes brancas. As luzes tocam a carta escultural graças ao acúmulo de suspensões de cobre e as poltronas acrescentam uma nota gráfica. Novamente, o concreto foi usado para criar móveis integrados a este banco / arrumação para vestir o espaço com estilo e originalidade.

Cor, um elemento chave da decoração


Estúdio Guilherme Torres / Denilson Machada A base do projeto de Guilherme Torres? Armazenamento multicolorido que pontuaria os cômodos da casa. Na sala de estar / sala de jogos, eles se sentam em uma parede inteira para criar um trabalho contemporâneo em tons de cor. O armazenamento então serve como uma plataforma para a grande superfície da parede. O mesmo princípio é repetido no corredor do térreo, como um fio de conexão de sala em sala.

Tons mais suaves no quarto


Estúdio Guilherme Torres / Denilson Machada No quarto dos pais, a cor não deve ser superada, mas esse fato é mais propício para dormir com um verde suave combinado com cinza e madeira. Novamente, os móveis, trazidos de Londres pelo casal durante a mudança, tocam habilmente linhas clássicas e contemporâneas para um resultado atemporal.

Cor para crianças


Studio Guilherme Torres / Denilson Machada Nos quartos das crianças, a cor permanece onipresente com um lembrete de armazenamento multicolorido, graças a armários gigantes que trazem cores. O que cria um espaço divertido para atender aos desejos dos pequenos.

O banheiro, síntese de decoração


Studio Guilherme Torres / Denilson Machada No banheiro, a decoração retoma a associação que dá ritmo à casa e confere sua originalidade: concreto leve combinado com cores vivas para realçá-la e criar um contraste. O revestimento traz os móveis amarelos para um banheiro enriquecido com vitaminas.

Lado a lado como um lembrete


Estúdio Guilherme Torres / Denilson Machada O arquiteto deu atenção especial à entrada da casa, oferecendo um alpendre contemporâneo que apresenta o mesmo padrão de ladrilhos da sala de jantar. Uma ideia que imediatamente imerge o visitante na atmosfera da casa.

Um jardim exótico


Estúdio Guilherme Torres / Denilson Machada Local para relaxar no jardim, onde apenas o verde é convidado em uma parede preta, o que permite melhorá-lo e dar uma nota exótica a este jardim decorado com uma bela piscina. Um pequeno paraíso fora de vista graças à sua posição no porão.